Euro 2012


Já começou a competição mais importante do futebol europeu.


Muito se tem comentado acerca dos valores astronómicos despendidos, das opções técnicas questionáveis, da falta de ambição nos últimos amigáveis...
Muito se poderia questionar, mas o apoio é determinante. As críticas podem surgir, mas o desejo de vitória tem de se manter, sob risco desses dedos apontados não serem mais do que um símbolo da facilidade com que hoje se fala de tudo dum modo pejorativo.
A esta hora, já Portugal saiu derrotado do jogo com a Alemanha. Mesmo há pouco...
Infelicidades, inseguranças, falta de sorte... Poderão ser usadas inúmeras justificações. Mas não é preciso...
Portugal é uma selecção temida, uma selecção com bons praticantes de futebol e discute de igual para igual com verdadeiros portentos históricos do mundo da bola.
Da minha parte, gostei de ver a garra de João Pereira, o refrescante Varela, um Cristiano Ronaldo distribuidor e o equilíbrio de toda uma equipa recheada de ambição e vontade de ir longe.
Hoje ninguém pode sair envergonhado. O que não invalida a redenção exigida no próximo jogo!

Comentários

Mensagens populares