Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2009

Luís “Madeira” Romão

É este o nome de uma das pessoas mais importantes da minha vida desde há quatro anos. É este o “dono” da casa que sempre nos albergou. É este o nome que sempre estava presente (também não tinha para onde ir…). É este o homem que correu meio Portugal em viagem e outro meio em busca de alguém do género feminino.´Amanhã despeço-me deste amigo que, por muita distância que nos separe, não esqueço e guardo como um dos melhores. Eu sei que voltas. Afinal de contas, é nestas alturas que vemos o amor que nutrimos pelos nossos amigos e, por isso, eu quero acreditar que ainda hei-de voltar a trabalhar contigo.Não esqueças. Nunca. Sabes onde me procurar. Se não o fizeres, eu encontro-te!Grande abraço!

Boa música, melhor companhia

Nada melhor do que estar num festival, em ambiente de festa, na companhia daqueles de quem gostamos. Ouvir Jason Mraz tocar os seus sucessos de uma forma reinventada é sentir que há espaço para a criatividade sem fim. Assim sabemos que todos podemos ir um pouco mais longe.
O dueto com a Colbie foi, como era de esperar, um dos momentos da noite no Festival Marés Vivas.
Ontem todos agradeceram a Gaia, cidade que realmente alberga e organiza o festival, mas o público gosta mesmo é de ouvir os seus ídolos a expressarem-se em português.
«Obrigado povo de Gaia», disse o vocalista dos Keane, banda que me reconquistou apesar da lancinante dor de costas que me surgiu. E eu reitero a afirmação dele, porque só um povo assim poderia criar condições para um evento desta envergadura.

Em altas marés

Como se não bastasse um casamento animado como foi aquele em que marquei presença no sábado dia 11, chega agora o Festival Marés Vivas, aliás prestes a terminar hoje com os concertos de Jason Mraz, Brandie Carlile, Keane e Gabriella Cilmi. É mesmo assim, tal qual a contradição da frase anterior ilustra: chega e vai, tão rápido que deixa certezas de regresso para o ano que vem.
Ontem, naquele mesmo recinto onde já passaram Macy Gray e The Prodigy pude ver os Scorpions que não sendo da minha geração nos empurraram numa onda de diversão que faz juz à tatuagem do baterista: Rock & Roll Forever. Ver aqueles homens, com uma carreira de tantos anos, é uma lição de saber estar em palco e de saber fazer música.
Hoje, um dia tão esperado, espero reviver os fantásticos momentos do Coliseu do Porto. E lá estarei de mão esticada, pronto a receber uma foto da Polaroid de Jason Mraz...

Nikola Tesla

Através das felicitações do Google, que festeja o seu aniversário com o já típico logótipo alterado, descubro que Nikola Tesla foi homem de várias invenções. Acabou por ser plagiado por Marconi e por Edison que hoje carregam nos seus nomes os louros de outro homem, não menos capaz mas provavelmente mais incauto. Honra lhe seja feita já que o tempo de justiça se perdeu a 7 de Janeiro de 1943.

Michael Jackson

Após tantas músicas, records, tramas e intrigas, fica a memória de quem encantou o Mundo com uma forma de estar diferente. Até sempre, MJ.

Finalista que acredita

Após quatro anos de esforço, após tantas noites perdidas, tantas discussões mantidas e, acima de tudo, tanta camaradagem e amizade demonstradas, somos finalistas.
Com alguns perder-se-á o contacto, mas anseio por poder demonstrar que somos um grupo diferente, que não somos estranhos, que somos parte de um mesmo corpo que se formou paulatinamente e que criou dentro de nós raízes inabaláveis. Quero acreditar que a tecnologia está do nosso lado e que contribuirá para que a parte mais importante, o amor que sentimos uns pelos outros, seja suficiente para que nos voltemos a falar e a ver.
Quero acreditar que sou importante para vocês ao ponto de tomarem a iniciativa e quero acreditar que tenho a coragem de fazer o mesmo. Já o dissemos, falta cumprirmos.
Quero acreditar que todos serão bem-sucedidos. Quero acreditar que aquela casa, a nossa Mansão Piroca, ficará para sempre nos nossos corações, mesmo que nunca lá voltemos, e que simbolize a união que temos mesmo que o espaço e o tempo nos sepa…

Purple Rain

Alguém mais no mundo saberá o que é acabar a melhor das noites dançando ao sabor de Purple Rain?

Madrid

Madrid mexe com qualquer um. É fantástica a proximidade de tudo o que é bom ver, quer através do Metro quer a pé, e mesmo assim ter a noção de ser uma cidade enorme com rotundas que são verdadeiros monumentos, plazas com animação de rua de extrema qualidade e uma noite cheia de vida (mesmo que seja durante a semana).
E pensar que nós, sim nós os dois, um casal apaixonado, tínhamos pensado em Madrid como uma opção secundária... Esperem, vocês leitores, até verem as imagens do lago de El Retiro, onde se pode alugar um bote e remar por 45 minutos e logo perceberão o erro que cometemos.
Por tudo isto, como é natural, estou sintomaticamente com saudades.