O tempo urge

Parece uma mensagem de desespero, mas não é. Aliás, podia ser de qualquer coisa, menos de desespero. Aquilo que neste momento sinto é uma grande sorte e, sobretudo, uma enorme confiança na minha capacidade de gerir o tempo, da qual cheguei a duvidar.
Estar a trabalhar na Gamestop e a estudar Enfermagem, gostando de escrever e pretendendo fazer disso um hábito diário é complicado. Mas, como disse, a vontade é mais forte do que qualquer entrave seja ele temporal, físico ou psicológico.
Por outro lado, acresce à minha vontade a lembrança de muitos que não têm oportunidades como esta, alguns dos quais até por estupidez própria.
E assim o meu futuro será diferente.

21 anos

Hoje é dia do meu aniversário. Há vinte e um anos atrás nascia eu, se calhar já com estas ideias desvairadas de escrever também elas redigidas no meu código genético. Talvez até com esta ânsia de consumir a minha vida sem deixar que ela se consuma a ela mesma. E, ainda, com o desejo de ter todos quanto tenho ao redor de mim.
Passei uma noite em claro a dançar com os amigos, um almoço de família brilhante e uma tarde cinematográfica ao som dos Abba. É caso para dizer Mamma Mia! E recebi a minha primeira proposta de emprego naquela loja que já nas férias me tinha dado o prazer de me iniciar no mercado de trabalho. Coincidência? Sorte? Macumba? Seja o que quiser quem vê. Para mim basta que saiba bem. É só mais um. E que bom que este foi!

Vídeos sobre Covid-19 no canal Pista de Aterragem

O Pista de Aterragem, blog e canal de YouTube, foi transformado temporariamente numa plataforma de partilha de informações sobre o Covid-19....