Pormenores

A vida é feita de pormenores. Como tal, não seria justo deixá-los passar em branco. Os meus pormenores diários são algo que leio, que vejo, que ouço, enfim, que faço. Recentemente, li com grande avidez um livro que só porque me foi oferecido me chegou às mãos. Provavelmente, estando ele numa prateleira nunca lhe pegaria. Perderia assim um dos melhores romances que já li. Por favor não matem a cotovia, de Harper Lee, conta a história de uma pequena terra americana do tempo da escravatura pelos olhos de uma criança. A inocência da criança ao relatar todos os pormenores da sua vida e da dos outros torna o livro indescritível.
A recordação da infância é, para a grande maioria das pessoas, uma grande alegria. Os seus pormenores ficarão para sempre gravados em nós. Por isso, recordo tardes e tardes a ver, rever e voltar a ver as aventuras de Tom Sawyer, de Mark Twain, adaptadas a desenho animado. Os downloads facilitaram tudo e agora é-me possível rever todos os fantásticos episódios desta série.
Por fim, os filmes. Havia, desde há uns tempos atrás, apenas um filme que me emocionava muito - emocionar é fácil, muito é que é difícil -: O Homem da Máscara de Ferro. A noção da realidade dos acontecimentos misturada com a bravura e coragem dos três mosqueteiros são, para mim, explosivos. Hoje, outro filme me tocou de uma forma, no mínimo, extraordinária.
O Clube dos Poetas Mortos, que nunca tinha visto, quase me fez chorar numa sala de aula repleta. Vergonha? Claro que não. Aguentei por pouco, tão pouco que até recebi ordem para me recompor. Não sei se por me rever em algumas personagens ou suas características, se por outra qualquer razão, fiquei muito, mesmo muito emocionado. A realidade cá fora depois do filme pareceu-me enevoada, diferente e melhor. Aquele sim é o verdadeiro e não o deturpado conceito de Carpe Diem. O vício continua mais adiante.

Comentários

Eu!!!!! disse…
Da ultima vez k aki entrei nao visualizei estes ultimos textos!!!!!Estão mt bons!Dás mt de ti, do teu Eu, da tua alma!Parabéns por todo o trabalho desenvolvido, não percas essa capacidade que tens de transmitir o k sentes p o "papel".
Mas lembra-te: na vida nao basta termos so um sorriso nos lábios, tb temos de dar gargalhadas e sorrir bastante....Por isso, fiko à espera d mais novidades aki no teu blog que me façam sorrir como ate agora mas k tb m façam dar uma boa gargalhada!!!!!Percebeste o k t kero transmitir?!Espero k sim! Fika bem.

Mensagens populares